Situação eleitoral

Consulte o número ou a situação do seu título.

Se o título estiver: 

REGULAR: você poderá votar nas próximas eleições;

CANCELADO: você não poderá votar nas próximas eleições e deverá comparecer ao cartório eleitoral a partir de dezembro para regularizar sua situação;

SUSPENSO: você não poderá votar nas próximas eleições e o título permanecerá suspenso até o cumprimento integral da pena ou da restrição legal imposta.

Além dessas 3 situações, o título pode estar QUITE ou SEM QUITAÇÃO (NÃO-QUITE).

QUITE: eleitor sem multa ou obrigação pendente na Justiça Eleitoral (título pode estar REGULAR ou CANCELADO);

NÃO-QUITE: eleitor possui multa pendente ou não cumpriu obrigação legal, como candidato deixar de entregar suas prestação de contas (título pode estar REGULAR ou CANCELADO)

Para saber se está quite ou não solicite sua certidão de quitação.

Confira o quadro resumo das situações possíveis para o seu título:

SITUAÇÃO DO TÍTULO ELEITORAL
Regular e quite Poderá votar neste ano e a certidão de quitação está disponível na internet.
Regular e não quite

Poderá votar neste ano e a certidão de quitação deve ser solicitada via Cartório Eleitoral Virtual.

Poderá haver a cobrança de multa.

Cancelado e quite

Não poderá votar e deverá comparecer ao cartório eleitoral a partir de dezembro para regularizar sua situação.

Consulte sua certidão de quitação.

Cancelado e não quite

Não poderá votar e deverá comparecer ao cartório eleitoral a partir de dezembro para regularizar sua situação.

Consulte sua certidão de quitação.

Suspenso

Está com o título eleitoral SUSPENSO e quer comunicar a extinção da sua causa e restabelecer os seus direitos políticos, como fazer?

O eleitor que está com seus direitos políticos suspensos por decisão judicial, mas já está com a sua situação resolvida (ex.: extinção da pena, fim do serviço militar obrigatório), poderá solicitar o restabelecimento dos direitos políticos via Cartório Eleitoral Virtual.

Ainda com dúvidas? Ligue gratuitamente para o nosso Disque-Eleitor, disponível no número 0800-647-3888, de segunda a sexta-feira, das 13h às 19h.