Desinformação é tema de encerramento do Colégio de Corregedores Eleitorais

O Encontro terminou nesta sexta (25), em Florianópolis

Encontro Corregedores

O segundo dia do 47° Encontro do Colégio de Corregedores Eleitorais, que aconteceu em Florianópolis, nesta sexta-feira (25), foi destinado a palestras e debates de temas de interesse da Justiça Eleitoral.

Logo após a homenagem ao ministro Jorge Mussi, o juiz auxiliar da Presidência do TSE, Ricardo Fioreze, apresentou o programa de enfrentamento à desinformação, com foco nas eleições municipais de 2020. Em seguida, o tema “Mais Mulheres na Política”, foi exposto pela juíza Flávia da Costa Viana.

Na parte da tarde, o desembargador Waldir de Nuevo Campos, presidente do Colégio de Corregedores, retomou os trabalhos com assuntos administrativos.

As ferramentas de privacidade do Facebook, com vista às Eleições 2020, deram sequência aos trabalhos, com o painel da gerente de políticas públicas do Facebook do Brasil, Rebeca Garcia. Já o advogado e professor Walter Capanema encerrou o ciclo de palestras do Encontro, reforçando a questão do enfrentamento à desinformação na internet.

Finalizando a reunião, foram discutidas questões gerais de interesse das Corregedorias Eleitorais dos 27 TREs de todo o país, além de ser elaborada e assinada a Carta de Florianópolis. O presidente do Colégio de Corregedores Eleitorais, des. Waldir de Nuevo Campos, e o corregedor regional eleitoral catarinense, des. Jaime Ramos, agradeceram à equipe e a todos os participantes do evento. O próximo Encontro do Colégio de Corregedores Eleitorais acontecerá em abril de 2020, em Recife (PE).

Confira as imagens do evento no Flickr do TRE-SC.

Por Sylvia Weidemann
Assessoria de Comunicação Social do TRE-SC

Últimas notícias postadas

Recentes