TRE-SC disponibiliza mais de 47 mil vagas para agendamento nos Cartórios

A antecipação do atendimento evita filas, tumulto e desconforto nos últimos dias para normalizar a situação eleitoral

Agendamento 2020

Para otimizar o atendimento e evitar filas no final do prazo de regularização da situação eleitoral, o Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina está disponibilizando, no mês de fevereiro, cerca de 47 mil vagas para agendamento. Qualquer eleitor pode ser atendido no cartório, em data e horário previamente agendados pelo site www.tre-sc.jus.br.

Até o dia 31 de janeiro, apenas 2.745 eleitores tinham feito o agendamento. A antecipação do atendimento é vista como fundamental pela Justiça Eleitoral, para evitar filas, tumulto e desconforto nos últimos dias para normalizar a situação eleitoral.

Dos 106 locais (Centrais, postos e cartórios eleitorais) que realizam o atendimento por agendamento apenas um preencheu as vagas oferecidas para o mês de fevereiro: Curitibanos (5).

Entre os locais com bons indicadores estão a Zona Eleitoral no município de Navegantes, que das 1.225 vagas disponíveis, 1.199 estão preenchidas, um índice de 97,88%. Na Central de Atendimento ao Eleitor (CAE) da cidade de Balneário Camboriú, das 40 vagas disponibilizadas, 34 foram completadas, o equivalente a 85%. Na CAE de Jaraguá do Sul das 30 vagas disponíveis, 21 foram preenchidas, um índice de 70%.

Por outro lado, o TRE-SC registrou que em 16 locais de atendimento nenhum eleitor tinha realizado o agendamento. Nessas unidades eleitorais são mais de 6 mil vagas disponibilizadas. Entre elas os cartórios eleitorais nos municípios de Santo Amaro da Imperatriz com 1.140 e Trombudo Central com 948 vagas. Há locais, como Pomerode, que até o dia 31 de janeiro, entre as 3.024 vagas oferecidas, apenas dois eleitores tinham feito o agendamento.

Vale lembrar que quanto mais cedo o eleitor realizar o agendamento, mais disponibilidade terá de dias e horários para agendar o atendimento. Porém, é possível também simplesmente ir a um cartório eleitoral sem agendamento e se cadastrar, entretanto pode enfrentar a espera e depender de encontrar o cartório vazio.

Para votar nas Eleições de 2020, o eleitor deve normalizar sua situação até o dia 6 de maio (151 dias antes do pleito). A data também marca o prazo para emissão do título, alteração de dados cadastrais e transferência do domicílio eleitoral.

Por Paulo Rolemberg
Assessoria de Comunicação Social do TRE-SC

Últimas notícias postadas

Recentes