Gabinete de Crise do TRE-SC busca soluções para enfrentar pandemia

Diariamente os participantes do Gabinete se reúnem virtualmente para acompanhar a situação de saúde, propor medidas e discutir tópicos relacionados ao gerenciamento da crise.

Criado pela administração do Tribunal na semana anterior ao estabelecimento do período de isolamento social em Santa Catarina, o Gabinete de Crise do TRE-SC foi idealizado com o intuito de acompanhar a situação do novo coronavírus, propor medidas de prevenção e soluções para continuar prestando os serviços essenciais da instituição durante a crise, além de contribuir com o esforço de conter a pandemia.

“Logo que se iniciaram os desdobramentos da Covid-19 aqui no Brasil, o presidente do TRE, desembargador Jaime Ramos, instalou o Gabinete de Crise para acompanhar e analisar todos esses dados que vinham do mundo e do Brasil. Assim, o Gabinete começou a propor alternativas para o enfrentamento da Covid-19 no âmbito do Tribunal, de modo que a gente pudesse fazer o nosso papel na diminuição da propagação da doença”, explicou o diretor-geral do Tribunal, Daniel Sell.

Todos os dias, às 14h, os participantes do Gabinete se reúnem virtualmente para acompanhar a situação de saúde local, estadual e federal, propor medidas, além de discutir outros tópicos relacionados ao gerenciamento da crise.

De acordo com o médico do TRE-SC, Alessandro Paim, “em cada reunião, nós apresentamos a situação atual dos casos que são confirmados com Covid-19, a ocorrência das internações hospitalares e a situação dos óbitos, sempre preocupados com cada região do estado e também com a perspectiva de termos que voltar ao trabalho e a atender o público. Com essas informações, a Seção de Saúde e o Gabinete de Crise propiciam condições para o retorno do trabalho com segurança”.

Entre as ações discutidas e definidas durante as reuniões até o momento estão a suspensão do atendimento presencial e prazos processuais; medidas de apoio e viabilização das sessões plenárias via videoconferência; criação de um formulário online para atendimento de casos urgentes de eleitores; providências relacionadas ao atendimento remoto ao eleitor; processo de aquisição de máscaras; e o plano de gestão de riscos de pessoal relacionados à Covid-19.

Ao final de cada encontro, é produzida uma ata pelo Gabinete da Direção-Geral e, em seguida, a Assessoria Especial de Planejamento Estratégico e de Eleições (AEPE) produz um boletim interno contendo o resumo das deliberações do dia e a evolução dos cenários, além de responder individualmente cada servidor que propôs itens à pauta.

A AEPE está constantemente em contato com os grupos nos quais estão presentes os mais de 400 servidores do Tribunal para coletar proposições e questões para a reunião. Ao final de cada manhã, os tópicos são consolidados e encaminhados à Direção-Geral para inclusão na pauta.

Por Jennifer Hartmann
Assessoria de Comunicação Social do TRE-SC

 

Últimas notícias postadas

Recentes