Seminário internacional irá debater integridade das eleições latino-americanas

Evento, que será realizado na próxima segunda (4), vai discutir soluções relacionadas aos ataques sofridos por autoridades eleitorais da região

Seminário Internacional Integridade Eleitoral na América Latina - 28.09.2021

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em parceria com a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), realiza na próxima segunda-feira (4), às 10h, o “Seminário Internacional: Integridade Eleitoral na América Latina – Experiências Recentes e Perspectivas”, com transmissão ao vivo pelo canal do TSE no YouTube.

O evento, idealizado pelo TSE, vai debater os ataques sofridos por autoridades eleitorais latino-americanas e as condições propostas por diversos países, inclusive pelo Brasil, para garantir a realização de eleições livres e transparentes na região.

Participarão do seminário autoridades e especialistas internacionais que acompanham de perto os processos eleitorais latino-americanos. Eles vão apresentar as respectivas experiências como observadores, bem como propor estratégias para a preservação da cidadania e da democracia desses países.

Integridade eleitoral

Em várias partes do mundo, a democracia vem sendo ameaçada pelo ataque sistemático às instituições e por campanhas de desinformação, fenômeno conhecido como “recessão democrática” ou “democracias iliberais”. Na América Latina, essas tensões têm se manifestado, entre outros, na forma de investidas contra os sistemas e as autoridades eleitorais, como pôde ser notado recentemente na Bolívia, no Brasil, no Equador, em El Salvador, no México e no Peru.

O chefe da Assessoria de Assuntos Internacionais do TSE, José Scandiucci, destaca que, pela primeira vez, a Justiça Eleitoral reunirá analistas e autoridades internacionais que acompanharam de perto dezenas de processos eleitorais na região, inclusive como observadores internacionais.

“A ideia de reunir esses importantes atores da temática eleitoral e que já testemunharam a atuação dos governos latino-americanos nas suas eleições é rebater as críticas que o sistema eleitoral vem recebendo em diversos países do continente. Recentemente, as desconfianças infundadas sobre o sistema eletrônico brasileiro abriram o debate para reforçar a atuação da Justiça Eleitoral no país e para buscar o aprimoramento de soluções que ampliem a transparência e a integridade das ações eleitorais não só no Brasil, mas também nos outros países”, ressalta.

Seminário

A abertura do evento será realizada pelo presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, acompanhado da presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Renata Gil de Alcantara Videira.

Os expositores do seminário serão: o secretário de Fortalecimento da Democracia da Organização dos Estados Americanos (OEA), Francisco Guerrero Aguirre; o diretor regional para América Latina e Caribe do Idea Internacional, Daniel Zovatto; o co-presidente da União Interamericana de Organismos Eleitorais (Uniore) e presidente da Junta Central Eleitoral da República Dominicana, Román Andrés Jáquez Liranzo; e o magistrado do Tribunal Superior Eleitoral da República Dominicana e representante da Uniore, Juan Cuevas.

Confira a programação do evento.

Fonte: TSE

Últimas notícias postadas

Recentes